top of page
Buscar
  • Foto do escritorRedação G7

Serviços de infraestrutura já começaram no Rio do Meio, Guarujá


Foto: Divulgação/PMG


Um importante investimento para mitigar as enchentes na área da Bacia do Rio do Meio, em Guarujá, estão em andamento pela prefeitura. A área, assim como o bairro Santo Antônio, está localizada abaixo do nível do mar e sofre com a alta da maré, inundando ruas e avenidas. Os serviços de infraestrutura já estão em execução e, o desassoreamento em fase de licitação.


A prefeitura explicou que a rede de drenagem passará por intervenção por serem antigas e ficarem muitos anos sem manutenção, por isso, após as obras de microdrenagem, a expectativa é de que a vazão e escoamento dessas águas pluviais melhore consideravelmente. 


Segundo a prefeitura, o desassoreamento deve contribuir para a macrodrenagem de toda a bacia hidrográfica. O serviço viabilizará maior vazão de águas, represadas nas vias públicas e que prejudica o acesso dos moradores à região. 


Conforme explicou, mesmo com a limpeza de bocas de lobo e canais, o escoamento é deficiente, provocando alagamentos recorrentes. Outro fator que colabora com as inundações é o constante descarte irregular de lixo em locais inadequados que acabam obstruindo galerias pluviais. Além disso, há a questão da ocupação irregular das áreas, impedindo o escoamento das águas para o rio. 

Além disso, há um estudo em andamento para a possibilidade de revisão do Plano de Macrodrenagem da cidade. A iniciativa propõe novos estudos para todas as bacias hidrográficas, podendo gerar projetos complementares também para o Rio do Meio.


Investimento

Para as obras, a prefeitura está investindo R$ 64 milhões em obras de infraestrutura viária nos bairros Santa Rosa e Vila Ligya, localizados na Bacia do Rio do Meio. Mais de 40 vias públicas serão contempladas com serviços de drenagem, guias, sarjetas, calçadas e pavimentação.


As intervenções ocorrem por meio de um convênio firmado com o Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). O investimento total é de R$ 77 milhões, sendo que os demais R$ 13 milhões são para a macrodrenagem, que está em fase de licitação.


FONTE/costanorte

1 visualização0 comentário

Comentarios


bottom of page