top of page
Buscar
  • Foto do escritorRedação G7

Perequê deverá ganhar centro deatividades educacionais e comunitárias

Anúncio do novo projeto foi feito na última quarta-feira (12), durante entrega da piscina do Caec André Luiz, em Morrinhos II

Os moradores do bairro Perequê e adjacências vão contar com um Centro de Atividades Comunitárias e Educacionais (Caec). O anúncio foi feito na última quarta-feira (12), durante a entrega da piscina do Caec André Luiz Gonzalez, que fica no Morrinhos II. O novo equipamento será o oitavo Caec da Cidade.

No momento, a Prefeitura desenvolve estudos técnicos de análise de locais que poderão dar lugar ao novo centro educacional, que reunirá além de atividades esportivas, cursos de geração de renda. Guarujá conta hoje com um total de sete Caecs, que estão distribuídos nos bairros Morrinhos II, Parque Enseada, Santa Rosa, Jardim Boa Esperança, Vila Áurea, Maré Mansa e Pae Cará.

Durante a cerimônia de entrega da piscina no Caec André Luiz, o prefeito da Cidade, Válter Suman, falou da utilização do espaço, antes sem utilização. “Essa área da piscina era um terreno inerte que hoje entregamos após essa transformação que certamente será de muita utilidade, para crianças, jovens e adultos”.

A piscina do Caec conta com mais de 300 mil litros e com isso será possível atender mais de mil alunos, a princípio em duas novas modalidades: natação e hidroginástica. Para a diretora do Caec de Morrinhos II, Keith da Silva Santos, a piscina é um sonho que se tornou realidade. “Obrigada prefeito pela sua sensibilidade em atender a um antigo anseio da nossa comunidade de mais de 20 anos”.

Dos atuais 2.300 usuários, o funcionamento da piscina ampliará esse número para um total de 3.400 alunos. Hoje, o Caec conta com 19 modalidades esportivas e outras 10 atividades educacionais, como por exemplo, funcional, cabeleireiro, manicure, capoeira e ginástica. Em função da Covid-19, algumas delas, inclusive, ocorrem de maneira remota.

“Sei o quanto essa piscina vai representar para cada usuário. Agora estamos providenciando os professores para as novas modalidades aquáticas aqui. Também pretendemos ampliar o número de piscinas na Cidade”, disse o secretário de Educação, Esporte e Lazer (Sedel) de Guarujá, José Roberto Galvão.

As obras duraram oito meses devido à pandemia do novo coronavírus. Os serviços executados pela Secretaria de Infraestrutura e Obras (Seinfra), - através da empresa PPC Engenharia e Construções Ltda – foram movimento de solo e de rebaixo, estrutura da piscina, impermeabilização, revestimento, instalação elétrica e hidráulica, piso externo e instalação de equipamentos de filtro, casa de máquinas, muro e fechamento. O valor total de investimento empenhado pela Prefeitura foi de R$ 307.818,27, por meio de verba impositiva da Câmara Municipal.



0 visualização0 comentário

Kommentare


bottom of page