top of page
Buscar
  • Foto do escritorRedação G7

Construção do aeroporto de Praia Grande é suspensa por irregularidades ambientais



O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) suspendeu a licença  para a construção do Complexo Empresarial e Aeroportuário Andaraguá, em Praia Grande. A suspensão foi um pedido do Ministério Público de São Paulo (MP-SP), agora aceito pela Justiça. A alegação da promotoria para pedir a suspensão é a de que o empreendimento pode promover devastação ambiental e desmatamento em áreas de preservação.


A decisão da 1º Câmara Reservada ao Meio Ambiente, do TJ-SP, aceita a argumentação do MPSP, a qual aponta que o empreendimento provoca prejuízos ambientais que afrontam o interesse público. O fato de o empreendimento visar ao lucro privado também foi apontado e acatado.  


O MP-SP aponta que pela necessidade de grande intervenção no local de construção do complexo e pela previsão de desmatamento, era necessária a suspensão da licença prévia. O órgão aponta ainda que a obra não atende o interesse público na mesma proporção do agravo que provoca. O complexo é projetado para ser um condomínio empresarial, com espaços alugados para negócios que movimentam cargas no porto de Santos. Diante disso, os desembargadores acataram o pedido do MP e determinaram a suspensão da autorização.


O projeto do Complexo Empresarial Andaraguá  é constituído de um aeroporto de cargas, com pista de 2,6 quilômetros e estrutura feita para abrigar 212 galpões.  A área total do complexo seria de 5 milhões de metros quadrados e está prevista para ser construída no bairro Andaraguá, às margens da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega.

A licença anterior da Cetesb foi concedida em 2014 e acabou sendo alvo de ação do Ministério Público, por irregularidades ambientais.


Na ocasião o Tribunal de Justiça também aceito a ação e suspendeu a licença. Depois, porém, a Prefeitura, a Cetesb e a construtora recorreram da decisão e a liminar foi derrubada, dando continuidade ao projeto. Agora ele está suspenso novamente.


FONTE/costanorte

1 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page